terça-feira, 24 de dezembro de 2013

FELIZ NATAL

Pai, 

Meu querido e adorado pai,
estamos mais uma vez comemorando juntas o nascimento do mestre Jesus,

você é o homem da minha vida,
o companheiro, o amigo, enfim,
aquele que sempre acompanhou os meus passos,
pronto para auxiliar no que fosse preciso,
esse coração de pai,
me acolhe eternamente com carinho,
proteção e confiança para batalhar e realizar os meus objetivos,
pai que neste Natal,
Deus nosso Pai,
cubra ainda mais o seu caminho com luzes radiantes de muito amor.

Agradeço por tudo o que fez em minha vida.

Papai querido, Feliz Natal. 


autor(a): Desconhecido(a)

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Complexo de Piscicultura produz primeiros alevinos de pirarucu

Tião Viana contempla os primeiros seis mil alevinos de pirarucu produzidos no Complexo de Piscicultura (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
Tião Viana contempla os primeiros seis mil alevinos de pirarucu produzidos no Complexo de Piscicultura (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
Mais um passo foi dado na consolidação do maior projeto de piscicultura do Brasil. O governador Tião Viana conheceu na tarde desta quinta-feira, 19, os primeiros seis mil alevinos de pirarucu produzidos pela Peixes da Amazônia S.A., nome da empresa que é o Complexo de Piscicultura do Acre.
“Esse é um momento de comemorarmos. Para você ter uma ideia, um alevino de pirarucu custa, o centímetro, R$ 1, eles são vendidos à unidade e só depois que alcançam dez centímetros. Estamos nos organizando para vendê-los a um preço menor que o praticado pelo mercado. Até os primeiros meses do ano que vem já estaremos com todo o complexo funcionando. É geração de emprego, renda e oportunidade para os nossos produtores”, afirma Tião Viana.
Primeira safra deve produzir 100 mil alevinos de pirarucu (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
Primeira safra deve produzir 100 mil alevinos de pirarucu (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
A expectativa dos administradores da Peixes da Amazônia S.A. e o governo do Estado é que a primeira safra, que deve durar todo o inverno amazônico, irá gerar 100 mil alevinos de pirarucu. Ao todo, o complexo possui 80 tanques exclusivos para a reprodução de pirarucus, que podem desovar até sete vezes por ano, mas no momento apenas 20 tanques estão ocupados com casais desse que é o maior peixe de água doce do mundo e com alto valor de mercado, considerado o “bacalhau da Amazônia”.
Para o secretário de Desenvolvimento Florestal, Indústria e Comércio, Edvaldo Magalhães, esse é um momento em que o sonho se torna realidade. “Nós temos as melhores águas, as melhores condições climáticas e as melhores técnicas aqui. Estamos provando que estávamos certos no desenvolvimento desse projeto e iremos disparar a produção a partir de agora. Venderemos alevinos mais baratos e compraremos os peixes a um bom preço do produtor”, comemora Edvaldo.
O Complexo de Piscicultura do Acre está com 70% de seu projeto finalizado, compondo um laboratório de produção de alevinos, indústria de ração e frigorífico de filetagem de peixe, com capacidade de processamento de 20 mil toneladas por ano. A primeira safra ainda não corresponde a todo o potencial do complexo, mesmo com grandes números na produção. Até março de 2014 todo o complexo deverá ser entregue e em pleno funcionamento.
Fonte: agencia.ac.gov.br

Morre o cantor Reginaldo Rossi

Morreu, nesta sexta-feira (20), o cantor pernambucano Reginaldo Rossi. Ele estava internado no Hospital Memorial São José, no Recife.
Reginaldo deu entrada no hospital em 28 de novembro e foi levado diretamente para a UTI, na ocasião a família não divulgou a causa da internação. Em 4 de dezembro, um nódulo foi retirado da axila direita do cantor e submetido à biópsia. No dia 9 passou por um procedimento chamado toracocentese, que retirou dois litros de líquido acumulados entre a pleura e o pulmão. O resultado da biópsia, divulgado no dia 11, confirmou o diagnóstico de câncer no pulmão.
Em sua primeira sessão de quimioterapia o cantor respondeu mal e precisou de hemodiálise e remédio para controlar a pressão. Em 12 de dezembro, a pressão arterial se estabilizou e o funcionamento dos rins e os exames laboratoriais também melhoraram.
Na tarde de 19 de dezembro o cantor voltou a ser entubado, dessa vez por apresentar fadiga muscular e queda da saturação de oxigênio, conforme divulgou o boletim médico.
Vida e carreira
Nascido em 14 de Fevereiro de 1944, em Recife, o cantor e compositor é conhecido como Rei do Brega.  Iniciou sua carreira artística em 1964, quando imitava Roberto Carlos. Comandou o grupo The Silver Jets, e tinha orgulho de dizer que foi o primeiro cantor rock do Nordeste. Matéria completa no terra.com 
Fonte: terra.com.br

Motorista é preso por matar passageiro por R$ 0,65.

Um motorista de ônibus foi preso na noite de quinta-feira (19) suspeito de matar um passageiro  na Rodoviária de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O crime ocorreu no dia 8 de dezembro e foi registrado por câmeras de segurança do circuito interno.
De acordo com testemunhas, a vítima, identificada como Marcos Paulo Zanasi, de 21 anos, não tinha dinheiro suficiente para pagar o valor da passagem e ficou devendo R$ 0,65, conforme mostrou o Bom Dia Rio nesta sexta-feira (20). 
Segundo a polícia, o motorista, identificado como Flávio Assis, é suspeito de matar o jovem com dois tiros após discussão. Marcos chegou a ser levado para o Hospital da Posse, onde morreu. Nas imagens do circuito interno, Marcos aparece de camiseta amarela. Do lado de fora do coletivo, ele e Flávio começam a brigar. Em seguida, o motorista pega a arma que está dentro de uma mochila e faz os disparos.
Logo depois, o condutor retorna para o ônibus e aponta o revólver para os outros passageiros. Um homem chega, tira o motorista do ônibus e vão embora. O caso foi registrado na 52ª DP (Nova Iguaçu).
Fonte: g1.com.br

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Lançamento do livro "Histórias do Pequeno CO₂" de Vinícius Dônola

O jornalista e escritor Vinícius Dônola lançou na noite de ontem na Biblioteca da Floresta o Livro "Histórias do Pequeno CO₂".




Inicia amanhã a inscrição para os boxes na praça de alimentação do Réveillon

80 boxes estarão disponíveis na praça de alimentação do evento (Foto: Arquivo Secom)
80 boxes estarão disponíveis na praça de alimentação do evento (Foto: Arquivo Secom)
A Secretaria de Estado de Pequenos Negócios (SEPN) realiza nos dias 20 e 21 de dezembro, inscrições para preenchimento das vagas de comerciantes para a praça de alimentação do Réveillon 2013/2014. Serão disponibilizadas 80 vagas que ficarão sob dez tendas, situadas na área pública do estádio Arena da Floresta.
“Essa é uma oportunidade para todos os pequenos negócios e grupos de alavancar a renda no final de ano. Acreditamos que o sorteio é uma forma democrática e será realizado com toda a transparência, por isso desejamos sorte para todos”, destaca o secretário do órgão, José Carlos Reis.
As inscrições são gratuitas e é necessário levar os documentos pessoais (RG e CPF) para o preenchimento da ficha de inscrição, que estão disponíveis na SEPN, localizada na avenida Ceará, 1624, Centro (em frente ao Colégio de Aplicação) e na portaria da Secretaria de Estado de Turismo e Lazer (Setul), situada na via Chico Mendes, s/nº – Arena da Floresta. O horário de atendimento é de 9 horas às 17 horas.
Para o sorteio dos 80 boxes serão aceitas 160 inscrições. O sorteio será dia 24 de dezembro, às 10 horas, no estádio Arena da Floresta.

Polícia Militar e População juntos no programa Vizinhança solidária

Com o objetivo de integrar a comunidade nos assuntos que envolvem a segurança pública, a Polícia Militar do Acre deu início ao projeto Vizinhança Solidária nos bairros Cerâmica e Baixada da Habitasa, em Rio Branco. Desde abril deste ano, os moradores foram incentivados a cuidarem uns dos outros e os resultados já são satisfatórios.
Segundo informações da comandante do primeiro batalhão da PM, coronel Socorro, o projeto foi implantado inicialmente na primeira regional e servirá como piloto para os demais bairros e batalhões. Até a execução da ideia, foram necessários vários encontros com os moradores, palestras, instruções e um acompanhamento semanal por parte dos profissionais envolvidos.
O projeto prevê que qualquer movimento suspeito na rua seja indagado entre os moradores por meio de telefonemas. Luzes acesas em horários impróprios à rotina do vizinho, portão aberto quando se sabe que o dono da residência está viajando, carro estacionado por muito tempo na rua, entre outros ocorridos, são alguns dos exemplos que o treinamento realizado pela PM aborda.
Em última instância, todos os vizinhos dão início ao “apitaço”, para inibir a astúcia de infratores. Normalmente, uma comunicação direta é mantida de quatro em quatro casas. De acordo com o capitão Edenêr, os vizinhos precisam conhecer a rotina uns dos outros para poderem ser prestativos quando identificarem alguma movimentação suspeita.
ilustracao-vizinhaca-comunitaria

Em que consiste a Vizinhança Solidária

A Polícia Militar em parceria com igrejas, escolas e associações de moradores dos bairros, faz o cadastramento da comunidade. Uma vez inseridos no projeto, os moradores são ensinados a adotar medidas preventivas, além de serem orientados como procederem com suas rotinas.

A união faz a força

A vizinhança reunida fala das mudanças no bairro Cerâmica, depois do projeto (Foto: Diego Gurgel)
A vizinhança reunida fala das mudanças no bairro Cerâmica, depois do projeto (Foto: Diego Gurgel)
Adotar a prática da polícia comunitária pode não parecer fácil, mas torna-se mais simples quando todos tomam consciência de suas responsabilidades individuais e coletivas, para cuidar de um interesse geral: a segurança. Para tanto, o primeiro passo é promover a integração dos vizinhos até que se estabeleçam laços de confiança.
Quem nunca passou pela situação de ter pertences roubados da própria residência e mesmo assim os vizinhos não comentarem que viram com medo de retaliações? Trata-se de uma problemática comum na maioria dos bairros que apresentam incidência de crimes desse tipo. Não contentes com a possibilidade de não poder contar com a solidariedade do vizinho, os moradores do bairro Cerâmica abraçaram a ideia da Vizinhança Solidária. A união deles é prova de que vale a pena continuar apostando em iniciativas como esta.
APS_9518
Francisco Modesto é um dos moradores satisfeitos com os resultados (Foto: Diego Gurgel)
Recentemente, a polícia conseguiu impedir um assalto a um estabelecimento comercial no bairro, com a mobilização dos moradores. Assim que perceberam a ação dos infratores, mantiveram contato uns com os outros por ligações e a polícia enviou imediatamente duas viaturas para o local. O caso foi solucionado sem nenhum prejuízo ao proprietário. “A gente tem uma boa comunicação com todos os vizinhos, quando todos se ajudam a polícia consegue agir mais rápido e isso tem sido muito bom pra gente, é um projeto que tem que crescer mais”, afirmou o comerciante Alberto de Souza.
Everaldo Clemente foi o primeiro a ser acionado pelos vizinhos e sentiu-se feliz por ter contribuído com o trabalho da polícia. “Tudo fica mais fácil quando a gente tem o telefone dos vizinhos e pode contar com a solidariedade de todos, porque quando o ladrão sabe que existe esse cuidado entre si, ele se sente intimidado para atuar”, comenta.
Periodicamente, os moradores do bairro se reúnem e a PM segue fazendo o monitoramento do projeto. “Agora já estamos mais atentos a tudo e conseguimos evitar transtornos”, confirmou Francisco Modesto.
Fonte: agencia.ac.gov.br

Sesp realiza Mutirão Enafron II nas cidades da fronteira


GUR_1299
A operação envolve as polícias Militar e Civil, Secretaria de Segurança e Força Nacional (Foto: Diego Gurgel/Secom)
Os órgãos que compõem o Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) deflagraram na manhã desta segunda-feira, 16, a operação Mutirão Enafron II. A ação será realizada em cinco cidades acreanas que fazem fronteira com o Peru e a Bolívia e envolve as polícias Militar e Civil, Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e militares da Força Nacional de Segurança.
O Enafron é a Estratégia Nacional de Fronteiras e visa fortalecer as ações de combate à violência e levar segurança de maneira ostensiva. A operação foi aberta oficialmente na cidade de Assis Brasil e deve atingir, até a próxima sexta-feira, 20, os municípios de Brasileia, Epitaciolândia, Capixaba e Plácido de Castro. Nesta etapa os agentes percorrem diversos ramais e para isso serão utilizados veículos traçados de todos os órgãos do Sisp, além de quadriciclos, adquiridos pela Secretaria de Segurança com recursos do Enafron.
A Estratégia é executada no Acre com o apoio do governo do Estado, por meio da Sesp, e pretende dar encaminhamento às demandas das polícias e do Poder Judiciário. Alieth Gadelha, diretora de Inteligência da Sesp, diz que parceria com o governo federal tem colaborado para a diminuição dos crimes e da violência. “Esse é um compromisso do governo do Estado e nós temos levado as ações dos órgãos de segurança aos lugares mais distantes. Nós realizamos diversas operações e o Mutirão Enafron é uma das mais abrangentes”, ressaltou.
É papel do governo garantir a segurança nas áreas de fronteira e assegurar, de maneira ostensiva, o patrulhamento dessas regiões. Sérgio Lopes, delegado, disse que a população tem se mostrado satisfeita com a atuação dos órgãos de segurança e que as operações devem ser intensificadas. “O Mutirão Enafron II envolve 12 agentes, são as forças policiais trabalhando em conjunto. A presença da polícia é importante para as pessoas”, declarou.
Fonte: agencia.ac.gov.br

Armados, delegados e agentes de policia lotam galeria e salão nobre da Aleac

Depois da confusão que acabou na invasão do plenário da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), por professores do Estado, ocorrida na noite de terça-feira (17), uma nova sessão é realizada nesta quarta-feira (18), com o salão nobre e galeria lotados de técnicos e gestores públicos, além de policiais civis e delegados, todos portando armas de fogo, o que, pelo Regimento Interno da Casa é proibido.
Delegados_in_700
O grupo de 50 delegados e mais de 60 agentes de polícia lotaram as dependências da Aleac. Os delegados protestam contra o abono de R$ 1,5 mil proposto através de projeto de lei do Poder Executivo, os policiais exigem o mesmo tratamento e ainda reivindicam o cumprimento das propostas do Governo. O clima ficou tenso depois da invasão do plenário da Casa.
Mesmo diante da fragilidade da segurança, delegados e policiais foram autorizados a adentrarem as dependências da sede do Legislativo armados enquanto os seguranças estavam todos desarmados.
Em conversa com servidores da Casa, alguns confirmaram da proibição no Regimento Interno, mas outros revelaram que a autorização para a entrada de policiais e delegados portando armas foi autorizada pela Mesa Diretora da Aleac.
Fonte: ac24horas.com

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Tião entrega tratores e ordenhadeiras para produção familiar

Tratores de esteira, implementos agrícolas e crédito rural. Produtores familiares e gestores públicos se reuniram na manhã desta terça-feira no Parque de Exposições, onde o governador Tião Viana reafirmou o compromisso do governo do Estado com o produção agrícola. Foram entregues cem ordenhadeiras mecânicas, em termos de cessão de uso, para a agricultura familiar.
Ordenhadeiras mecânicas auxiliam os produtores e diminuem o trabalho e o tempo gasto na ordenha (Foto: Sérgio Vale)
Ordenhadeiras mecânicas auxiliam os produtores e diminuem o trabalho e o tempo gasto na ordenha (Foto: Sérgio Vale)
O secretário de Produção, Lourival Marques, comemorou os R$ 144 milhões que foram liberados para investimento por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que os produtores conseguem acessar pela assistência técnica. Outro dado que mereceu atenção foram os R$ 7 milhões liberados pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário nos últimos três anos para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Além disso, mais de seis mil famílias foram beneficiadas com a mecanização agrícola.
O governador Tião Viana destacou a importância de olhar com atenção para o homem do campo. “Está surgindo uma classe média rural e isso é maravilhoso. As famílias têm condições de fechar as contas no fim do mês, de levar um filho até a porta da universidade, de comprar um caminhão pra carregar seus produtos, de sonhar com um futuro melhor. A microeconomia no campo é libertadora”, comentou.
O produtor João Malforte realizou um sonho na manhã desta terça-feira: pegou a chave do caminhão que conseguiu financiar com o crédito rural. “Agora a vida vai melhorar demais porque vamos ter condições de transportar a produção, de trazer nossos produtos pra vender aqui em Rio Branco”, disse o produtor, que mora com a família em Porto Acre.
Tratores de esteira completam as patrulhas mecanizadas dos municípios (Foto: Sérgio Vale)
Tratores de esteira completam as patrulhas mecanizadas dos municípios (Foto: Sérgio Vale)
Os municípios de Sena Madureira, Rio Branco e Capixaba receberam, cada um, um trator de esteira. O prefeito de Capixaba, Otávio Vareda, agradeceu o apoio que o Estado tem dispensado ao município. “O trator de esteira que recebemos hoje completa a nossa patrulha mecanizada e todos os investimentos que o governador tem feito na área da produção aumentam nossa responsabilidade para melhorar os ramais e garantir o escoamento dos produtos”, disse.
Marcus Alexandre, prefeito da capital, parabenizou o governador Tião Viana pelo trabalho voltado para a produção agrícola e citou a importância das ações, que tem se refletido de forma positiva na vida das famílias que estão nos polos de agricultura.
fonte: agencia.ac.gov.br

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Mais de 700 mil contribuintes caem na malha fina.

Se você não faz parte dos 2,2 milhões de brasileiros que vão receber a restituição do IRPF 2013 (Imposto de Renda de Pessoa Física) nesta semana ou não foi incluído nos outros lotes de pagamento ao longo do ano, provavelmente você teve a declaração retida namalha fina. Pouco mais de 711,3 mil contribuintes tiveram o documento retido e estão sob análise, segundo a Receita Federal.  
Em 2013, houve um aumento em mais de 100 mil do número brasileiros que caíram na malha fina — em 2012, foram 604,3 mil pessoas. Na comparação com o total de brasileiros que entregaram a declaração neste ano (27,7 milhões), 3,2% do total tiveram o documento retido pela Receita.  
O principal motivo que leva os brasileiros à malha fina é a omissão de rendimentos. Do total, 373,8 mil declarações — ou 53% — ficaram retidas por essa razão.  
Fonte: r7.com

BR 364 - Homenagem do Deracre e Governo do Povo Acre.

Uma homenagem do Governo do Povo Acre juntamente com Deracre a todos(as) que contribuíram e contribuem na construção da BR 364.




sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Supremo manda prender o deputado federal

O deputado do PP pode ser preso a qualquer momento. Segundo a assessoria do parlamentar, ele está em Brasília e deve se entregar à Superintendência da Polícia Federal no Distrito Federal.
Tolentino, antigo advogado do operador do mensalão Marcos Valério, se entregou à polícia, em Minas, nesta quinta, logo após o STF expedir mandado de prisão contra ele.
Até agora, são 15 os presos entre os 25 condenados no processo do mensalão, entre eles o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu. Um está foragido, o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato. Outros três começarão a cumprir penas alternativas neste mês.
Pedro Henry, condenado pelo Supremo no processo do mensalão a 7 anos e 2 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, entrou com embargos infringentes (recursos que levam a novo julgamento) nos dois crimes.
O presidente do STF e relator do mensalão, ministro Joaquim Barbosa, rejeitou o recurso por entender que os embargos infringentes não obedeciam ao requisito mínimo necessário e, com isso, determinou o trânsito em julgado, ou seja, estabeleceu que não cabe mais nenhum tipo de recurso.
Fonte: g1.com.br

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Tião Viana trata em Brasília de ramais, energia, rodovias, educação e Cidade do Povo

O governador Tião Viana teve ontem mais uma agenda movimentada em Brasília tratando de ações dos vários setores da sua administração no Estado do Acre. Ao longo do dia, o governador conversou com ministros, secretários-executivos e dirigentes de outros órgãos federais.
Governador com o ministro Pepe Vargas (à esq.) junto com  Francisco Nascimento, diretor do Incra (Foto: Romerito Aquino)
Governador com o ministro Pepe Vargas (à esq.) junto com Francisco Nascimento, diretor do Incra (Foto: Romerito Aquino)
Sempre acompanhado do secretário de Planejamento, Márcio Veríssimo, o governador conversou com o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, sobre as perspectivas de seu ministério ampliar a ajuda ao estado na construção e recuperação dos ramais para o tráfego de pessoas e para o escoamento da produção do Acre, que tem crescido muito nos últimos três anos.
"Foi uma boa conversa com o ministro Pepe Vargas de agradecimento e de novas parcerias em favor da ampliação da infraestrutura rural do nosso Estado do Acre no próximo ano", assinalou o governador, após o encontro com Vargas na Esplanada dos Ministérios.
Com o ministro das Minas e Energia, Edson Lobão, o governador acreano tratou da questão relacionada à exploração de gás natural convencional e petróleo no Vale do Juruá, que será feita inicialmente pela Petrobras, empresa estatal que arrematou um bloco exploratório no leilão realizado pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) no dia 28 de novembro passado, na cidade do Rio de Janeiro.
Governador e assessores com secretário de Aeroportos da Aviação Civil, Nelson Negreiros, e assessores (Foto: Elio Sales)
Governador e assessores com secretário de Aeroportos da Aviação Civil, Nelson Negreiros, e assessores (Foto: Elio Sales)
O governador Tião Viana e o secretário Márcio Veríssimo também estiveram com o secretário-executivo do Ministério das Cidades, Carlos Antonio Vieira Fernandes, falando sobre o andamento das obras do projeto da Cidade do Povo, que está sendo erguida no
Segundo Distrito para dar moradia a 10,5 mil famílias da capital sem casa própria.
Tião Viana também esteve com o secretário de Aeroportos da Aviação Civil, Nelson Negreiros, tratando da recuperação de algumas pistas de pouso dos municípios do interior do estado, tais como as dos municípios de Porto Walter, Marechal Thaumaturgo, Santa Rosa e Jordão.
Governador e o secretário Márcio Veríssimo com o secretário-executivo do Ministério das Cidades, Carlos Fernandes (Foto: Romerito Aquino)
Governador e o secretário Márcio Veríssimo com o secretário-executivo do Ministério das Cidades, Carlos Fernandes (Foto: Romerito Aquino)
O governador Tião Viana também conversou com dirigentes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) sobre o andamento das obras de recuperação da BR-364, que ele visitou pela 19ª vez esta semana; e do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE), tratando de questões relacionadas a mais avanços do setor educacional do estado.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

PISCICULTURA NO JURUÁ

Em Cruzeiro do Sul, numa propriedade entre Mâncio Lima e Guajará (AM), está sendo erguido o Núcleo de Industrial de Piscicultura do Juruá. Um conjunto de equipamentos construídos pelo Governo do Estado, a partir da Secretaria de Desenvolvimento Florestal (Sedens), com recursos do BNDS e gerido pela sociedade pública/privada Juruá Peixes S/A, modelo de gestão em que a Central de Cooperativas de Piscicultores do Vale do Juruá é sócia majoritária.


Reportagem: Arison Jardim
Imagens: Pedro Devani
Edição: Flávio Santos
Fonte: agencia.ac.gov.br 

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Governador Tião Viana entrega caminhão-frigorífico em Mâncio Lima - Acre

Concretizando mais um passo no fortalecimento da aquicultura no Juruá, o governador Tião Viana e o secretário de Desenvolvimento Florestal Edvaldo Magalhães entregaram, na manhã desta segunda-feira, 9, um caminhão-frigorífico à Colônia de Pescadores de Mâncio Lima. O caminhão chega no momento em que a piscicultura está se organizando no Juruá, com a entrega, em breve, do Núcleo de Alevinagem e do Frigorífico de Peixes em Cruzeiro do Sul.
"Nós estamos falando de uma atividade que pode movimentar mais de 120 milhões de reais ao ano", ressalta Tião, garantindo que o veículo faz parte do desenvolvimento econômico projetado para a região: "É mais uma etapa integrada de uma grande força que está surgindo e se consolidando na vida do povo do Juruá, é renda e emprego. É garantia de transporte, para os produtores e para as cooperativas, com conservação e qualidade para o mercado", afirma. Veja abaixo no vídeo:
video

Etapa que Francisco Dias, presidente da Colônia de Pescadores de Mâncio Lima, agradece: "Esse caminhão vem em boa hora, porque estávamos conduzindo o peixe em condições não propícias, podendo contaminar", diz. Lembra ainda é um sonho realizado para os produtores: "Tudo que os produtores sonhavam agora poderemos ter. Existe a fábrica de gelo aqui em Mâncio Lima e não podíamos transportar o gelo para os pescadores, agora, com o caminhão, poderemos". Veja o vídeo abaixo:
video

O caminhão, que possui uma câmara fria, servirá para entrelaçar o trabalho dos pescadores artesanais com o programa da piscicultura que o Estado está organizando. "É um instrumento que vai viabilizar o comércio na época da piracema, e também o transporte dos peixes para o frigorífico que estamos construindo", destaca Edvaldo Magalhães. Veja abaixo o vídeo:
video
Reportagem: Arison Jardim
Imagens: Pedro Devani
Edição: Flávio Santos
Fonte: agencia.ac.gov.br

Governador entrega caminhão-frigorífico em Mâncio Lima

Concretizando mais um passo no fortalecimento da aquicultura no Juruá, o governador Tião Viana e o secretário de Desenvolvimento Florestal Edvaldo Magalhães entregaram, na manhã desta segunda-feira, 9, um caminhão-frigorífico à Colônia de Pescadores de Mâncio Lima. O caminhão chega no momento em que a piscicultura está se organizando no Juruá, com a entrega, em breve, do Núcleo de Alevinagem e do Frigorífico de Peixes em Cruzeiro do Sul.
O caminhão, que possui uma câmara fria, servirá para entrelaçar o trabalho dos pescadores artesanais com o programa da piscicultura que o Estado está organizando. "É um instrumento que vai viabilizar o comércio na época da piracema, e também o transporte dos peixes para o frigorífico que estamos construindo", destaca Edvaldo Magalhães.
No Brasil, a aquicultura já responde por 40% de toda a produção de 1,3 milhão de toneladas de pescado por ano. No Acre, o governador Tião Viana acredita que só o frigorífico pronto poderá negociar 20 milhões de reais ao ano, tendo em conta que a capacidade produtiva é de duas mil toneladas.
"Nós estamos falando de uma atividade que pode movimentar mais de 120 milhões de reais ao ano", ressalta Tião, garantindo que o veículo faz parte do desenvolvimento econômico projetado para a região: "É mais uma etapa integrada de uma grande força que está surgindo e se consolidando na vida do povo do Juruá, é renda e emprego. É garantia de transporte, para os produtores e para as cooperativas, com conservação e qualidade para o mercado", afirma.
Eu quero, em nome de vocês pescadores, com a humildade que nós temos, agradecer a entrega desse caminhão
Francisco Dias
Presidente da Colônia de Pescadores de Mâncio Lima
Etapa que Francisco Dias, presidente da Colônia de Pescadores de Mâncio Lima, agradece: "Esse caminhão vem em boa hora, porque estávamos conduzindo o peixe em condições não propícias, podendo contaminar", diz. Lembra ainda é um sonho realizado para os produtores: "Tudo que os produtores sonhavam agora poderemos ter. Existe a fábrica de gelo aqui em Mâncio Lima e não podíamos transportar o gelo para os pescadores, agora, com o caminhão, poderemos", finaliza.
Durante o ato foram lembrados os avanços pelo quais o Município de Mâncio Lima tem passado, com abastecimento das casas e pavimentação das ruas, com o Ruas do Povo, o programa de feitura de açudes pela Seaprof e a entrega do Abatedouro de Suínos. O prefeito Cleidson Rocha salientou o volume de trabalhos do governo para as comunidades do estado: "Agradecemos a sequência de ações que vêm se dando em nossa cidade, ajudando a melhorar a qualidade de vida da população".
Fonte: agencia.ac.gov.br

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

'O Estado é mais cego do que eu', diz fotógrafo.

O fotógrafo Sérgio Silva, 32, perdeu o olho esquerdo ao ser alvejado por um policial militar enquanto cobria os protestos contra o aumento da tarifa em São Paulo, quase seis meses atrás, no dia 13 de junho. Sem conseguir trabalhar, contou com a ajuda de familiares e amigos para pagar as contas –-só o atendimento no hospital custou R$ 3.200. Questionado sobre uma possível ajuda do governo, Silva é categórico: "Nenhuma".

REENCONTRO COM A POLÍCIA

Junior Lago/UOL
"No dia 20 de novembro, participei da marcha do Dia da Consciência Negra. Foi parte do meu processo de recuperação psicológica, fui lá com a câmera mas sem pauta, apenas para tentar recuperar minha autoestima na rua, em situações de aglomeração de pessoas.
Na avenida Paulista tinha um grafite com a frase 'Por que o senhor atirou em mim' [dita pelo jovem Douglas Rodrigues, morto por um PM em outubro]. Fiquei olhando a pintura e pensando nas palavras. Enquanto isso um carro da PM veio pela avenida Paulista.
Os policiais estavam com a cabeça e o cotovelo para fora do carro. Eu estava sozinho nesse momento, tive medo. Queria fotografar, mas me senti constrangido, hesitei, com receio de me envolver em alguma situação parecida com a que vivi. Mas no final eu tive coragem de fazer a foto"
"Desde o 13 de junho o Estado se manteve mudo. Talvez até cego, mais do que eu, por não ter me enxergado. Durante os dois dias que passei internado eles não ligaram nem para a assessoria do hospital para saber do meu estado de saúde", afirmou.
Segundo ele, "se depender do governo e dessa politicagem que há na polícia, não vão entregar nem um lenço pra minha mãe chorar, para enxugar as lágrimas. E isso é algo que ela tem feito bastante desde que fui baleado".
Procurados, o Governo do Estado e a Polícia Militar não quiseram comentar as afirmações. 

Impacto psicológico

Além da perda do olho, o incidente deixou cicatrizes psicológicas.  "Até hoje eu ainda me sinto uma pessoa insegura para andar sozinho na rua. Quando ouço algum barulho, algo que lembre explosão, eu fico completamente abalado", afirmou.
Silva não foi o único atingido pelo incidente. Sua filha mais nova, de sete anos, passa por tratamento psicológico para superar o trauma. "Assim que tive alta do hospital e fui para casa, eu me assustava sem motivo. Estava sentado no sofá e fazia um gesto brusco, um espasmo acompanhado de uma espécie de grito. Minha filha começou a ter o mesmo tipo de sintoma", diz.
Segundo ele, a psicóloga trabalha com a hipótese de que a menina esteja sofrendo com sequelas pelo trauma sofrido pelo pai.  "Mesmo não falando que está com medo, ela tem esse comportamento igual ao meu", disse o fotógrafo.
Fonte: uol.com.br

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Equipes da Sehab visitam famílias que vão morar na Cidade do Povo

Orgulho de fazer parte da história da habitação do Acre
Para as assistentes sociais que enfrentam sol e chuva, as dificuldades são superadas a cada dia de trabalho. O sentimento é de orgulho de poder fazer parte da construção da história da habitação do Estado do Acre e ajudar as famílias que mais precisam a sair de áreas de risco e situação de vulnerabilidade social. 

Matéria completa na agencia

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Reajustes dos combustíveis não serão automáticos

Os reajustes dos preços de combustíveis não serão automáticos, informou a Petrobras em comunicado ao mercado nesta quarta-feira (4), em resposta a um questionamento da CVM (Comissão de Valores Mobiliários).
O cálculo para determinar os preços dos combustíveis leva em conta o preço de referência dos derivados no mercado internacional, a taxa de câmbio do momento e a origem do produto vendido --se importado ou refinado no Brasil--, segundo a empresa.
A estatal, no entanto, não revelou a "fórmula" que será adotada para calcular os próximos reajustes da gasolina e do diesel.

Petrobras aumenta preços, mas não divulga fórmula; analistas criticam

Na sexta-feira (30), a Petrobras anunciou um aumento do preço da gasolina em 4% e do diesel em 8%. No entanto, a estatal decidiu não divulgar como será a política de reajustes, que causou atritos entre a presidente Dilma Rousseff e a presidente da companhia, Graça Foster.
O Conselho da estatal aprovou a implementação de uma política de preços, mas "por razões comerciais, os parâmetros da metodologia de precificação serão estritamente internos à companhia", segundo nota distribuída pela empresa na semana passada.
Analistas criticaram essa decisão, alegando que a falta de clareza sobre os critérios mantém incertezas para o mercado. Na segunda-feira (2), as ações da estatal desabaram na Bolsa de Valores. 
Fonte: uol.com.br

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Recuperação e pavimentação da BR-364 não vai parar durante o inverno

“Estamos vencendo mais uma etapa e as pessoas que trafegam aqui têm me dito que a estrada nunca esteve tão boa. Agora estamos recuperando os últimos 18 quilômetros e, mesmo com as chuvas, as frentes de trabalho não vão parar. A próxima etapa é a capa asfáltica, que vai ser colocada tão logo termine a recuperação deste trecho”, disse o governador Tião Viana.

O diretor do Deracre, Ocírodo Oliveira, explicou que esta etapa compreende a reciclagem do asfalto, capa de brita e tratamento. Quatro frentes de trabalho dividem as tarefas ao longo da estrada.
Marcelo Araújo, militar, faz a viagem entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul pelo menos duas vezes por mês. “Venho sempre a trabalho ou a passeio e, há um tempo, não seria possível fazer esse trajeto num carro baixo como o meu. A cada semana a gente percebe a melhoria da estrada”, comentou.
Matéria completa na agencia.ac.gov.br

Prefeitura e Governo garantem asfalto e levam benefícios para Vila Liberdade

O prefeito Marcus Alexandre inspecionou nesta sexta-feira, 29, as obras de pavimentação da Rua São João Batista, na Vila Liberdade, localizada a 17 quilômetros do Centro de Rio Branco pela BR 364 (sentido Porto Velho). Em parceria com o Governo do Estado, a Prefeitura da capital, através da Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (EMURB) está concluindo a pavimentação em tratamento superficial duplo (TSD) em mais de 600 metros daquela via, a principal do bairro.
 
Assim, o Departamento de Pavimentação e Saneamento do Acre (DEPASA) e a EMURB, por meio do programa Ruas do Povo, estão melhorando a vida no antigo bairro Dom Moacyr. Nesta sexta-feira o prefeito Marcus Alexandre, esteve no local acompanhando os detalhes finais dos serviços. Como sempre faz, o prefeito agradeceu ao governador Tião Viana reafirmando sua grande preocupação com as comunidades. Por conta desse compromisso, Tião Viana contratou a EMURB para asfaltar ruas em várias localidades de Rio Branco, como na Vila Liberdade, onde o prefeito caminhou por várias ruas.
 
 
Acompanhado do presidente da Associação de Moradores da Vila Liberdade, Adauto Francisco, e o diretor Técnico da EMURB, José Carlos Fernandes, além de lideranças do Segundo Distrito e muitos moradores, o prefeito caminhou por várias ruas. Marcus Alexandre esteve no Beco São João Batista, onde a moradora Angelita Correa pediu atenção à melhoria da via, que quando chove prejudica seriamente o tráfego de crianças que precisam chegar à escola, e à melhoria da rede elétrica, que não suporta vários aparelhos ligados ao mesmo tempo. O Prefeito anunciou que até final de janeiro a EMURB inicia o piçarramento de ruas naquele bairro e que estará se reunindo com a direção da Eletrobrás Distribuição Acre para lutar por melhorias no sistema elétrico daquela região.
 
Além do programa Ruas do Povo, executado naquela comunidade em parceria com o governo do Estado, a EMURB aproveita sistematicamente o período ensolarado e amplia sua presença nos bairros por meio das ações específicas da Prefeitura de Rio Branco.
 
Asfalto TSD melhora acesso, valoriza imóveis e traz qualidade de vida a baixo custo
 
O asfaltamento em TSD, além de garantir a acessibilidade dos moradores, valoriza os imóveis nos bairros. No caso da Vila Liberdade ocorre a valorização urbana e rural, uma vez que a região é uma zona de transição entre o meio urbano e rural. O TSD, costuma explicar Marcus Alexandre à comunitários e trabalhadores, é um tipo de revestimento asfáltico econômico, de baixo consumo de material primário e energia e de execução rápida, prestando-se a amplas condições de uso, desde o tráfego leve em rodovias secundárias até o trânsito pesado e de alta velocidade. É um revestimento flexível de pequena espessura, executado por espalhamento sucessivo de ligante betuminoso e agregado. Este tipo de capa, além de impermeabilizar o pavimento e proteger a infraestrutura do pavimento, proporciona um revestimento antiderrapante.
 
 
Fortalecida desde Angelim, EMURB amplia presença nas comunidades mais distantes com Marcus Alexandre
 
A EMURB tem sua história vinculada ao desenvolvimento das comunidades de Rio Branco. Fundada em 1981, a empresa viveu tempos difíceis e chegou a ser ameaçada de extinção pelas gestões que antecederam Raimundo Angelim, que quando assumiu a prefeitura encontrou uma empresa endividada e desestruturada. Havia dívidas de cerca de R$ 20 milhões e, em 2005, Angelim deu início a um processo de revitalização com investimentos em modernização, aquisição de máquinas e equipamentos, além da implantação da Unidade de Produção, no Distrito Industrial. Hoje, com Marcus Alexandre, a empresa segue as conquistas do antecessor e leva benefícios jamais vistos em comunidades até mesmo pouco conhecidas da população central.
 
Moradores recebem com carinho o prefeito que ouve comunidade e leva benefícios
 
Marcus Alexandre atendeu aos moradores com a atenção que lhe é característica. No Beco das Laranjeiras acompanhou a moradora Girlane até sua casa, onde tomou conhecimento de algumas necessidades, como a limpeza da via. A ela, o prefeito anunciou que irá estudar em conjunto com a Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) a possibilidade de implantar uma unidade de saúde na Vila Liberdade ou promover a extensão do núcleo do Programa de Saúde da Família existente na Vila Albert Sampaio.
 
A presença do prefeito animou a comunidade, que o trataram com respeito e carinho. O presidente da associação de moradores elogiou a postura de Marcus Alexandre, que ainda seguiu avaliar a condição da ponte sobre o Igarapé das Piabas. “Nós vivíamos em dificuldade, mas estamos sendo bastante lembrados pelo prefeito”, disse Adalto Francisco.
 
 
 
 
 
O NÚMERO
 
400
 
Famílias moram na Vila Liberdade, um núcleo urbano formado a partir da repartição imobiliária do antigo Seringal Liberdade. Até pouco tempo, a vila chamava-se Dom Moacyr em homenagem ao arcebispo de Porto Velho, Dom Moacyr Grechi.
 
 
Da Assessoria
Fotos: Adonay Melo/Asscom