terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Prefeito de Brasileia procura parcerias com governo para beneficiar população.

Reportagem: Samuel Bryan
Fotos: Sérgio Vale
Fonte: agencia.ac.gov.br

O governador Tião Viana recebeu na manhã desta terça-feira, 14, na Casa Civil, o prefeito de Brasileia, Everaldo Gomes, junto com uma comitiva de vereadores e representantes da sociedade civil. O encontro girou em torno da busca de parcerias entre o governo do Estado e a prefeitura para beneficiar a população de Brasileia e realizar ações de emergência e outras a longo prazo.
“Nunca o governo do estado investiu tanto em Brasileia. Eu fico orgulhoso de ver os resultados que estamos conquistando lá. Só de ICMS [Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação], o governo do Estado repassou R$ 9 milhões para Brasileia em 2013. Dá pra fazer muita coisa, mas sabemos que todas as prefeituras do Brasil passam por momentos de dificuldade. É hora então de esquecermos as divergências políticas e nos unir em benefício da nossa população”, disse o governador Tião Viana.
video

Entre as questões trazidas pelo prefeito está principalmente a preocupação com as áreas de invasão no município. Cerca de 600 famílias moram em áreas irregulares e Everaldo busca soluções para isso. “Queremos uma parceria com o governo do Estado para construir um projeto habitacional para Brasileia. A prefeitura não pode arcar sozinha com sua realização, mas tenho certeza que essa parceria é capaz de conseguir frutos junto ao governo federal que beneficiem as pessoas carentes da nossa cidade”.
video

“É louvável ver a atitude de união da nossa prefeitura em procurar parcerias com um governo que tem feito tanto por Brasileia. Teremos em breve um hospital que atenderá todo o Alto Acre, já temos melhorias da estrada e a nova Estação de Tratamento de Água. É no novo momento para Brasileia e podemos melhorar ainda mais”, pontuou a vereadora Fernanda Hassem.
video

Nenhum comentário: